Home » Serviços »

Conselho Fundacional para a Infância e Adolescência de Resende

Botão Voltar
Botão Home

16/03/2017

Confiar inicia oficinas para jovens

Aprendizes recebem uniforme, vale-transporte, lanche e bolsa-auxílio mensal

Créditos: Arquivo/PMR

Mais de 350 adolescentes do município começaram, no início desta semana, a se preparar para o mercado de trabalho e para os desafios profissionais que vêm pela frente. Eles foram selecionados entre os 1.037 inscritos para integrar as seis oficinas oferecidas pelo Conselho Fundacional para a Infância e Adolescência de Resende (Confiar).

As oficinas são de Auxiliar de Sala de Aula, Recreador de Creche, Empreendedor Social, Guarda Aprendiz, Educação Ambiental e Noções Administrativas. Cada uma das oficinas tem, em média, 50 vagas, e os participantes receberão, mensalmente, uma bolsa-auxílio de R$ 150,00, além de vale-transporte e uniforme.

Os aprendizes têm entre 14 e 17 anos, moram em Resende e estudam em escolas públicas, em conformidade com os critérios de participação da Fundação Confiar. As aulas são ministradas na nova sede do Confiar, que funciona na Av. Resende-Riachuelo, s/nº, bairro Morada da Colina (antigo CVT), em turnos matutinos e vespertinos. Apenas as oficinas de Guarda Aprendiz e Educação Ambiental são realizadas em outros locais (37ª batalhão da Polícia Militar e Horto, respectivamente).

De acordo com a presidente do Confiar, Miriam Rezende Dezoto, a procura este ano superou as expectativas.

- Estamos com um projeto bem estruturado, com boas oficinas e voluntários experientes. O grande número de inscrições nos inspirou a trabalhar ainda mais na busca de novas parcerias, a fim de atender o mais rápido possível um número maior de jovens que desejam participar e estão na lista de espera – afirma a presidente.

Outras atividades

Também no dia 13 foram retomadas as atividades do projeto comunitário Gente Grande. No próximo dia 20, será a vez do Quilombo da Paz começar os trabalhos. As iniciativas contam com o apoio do Confiar e oferecem atividades recreativas e esportivas, além de aulas de reforço escolar. Ao todo, 160 crianças entre 6 e 13 anos, estudantes da rede pública, são beneficiadas.